Um grupo de amigos que adora falar sobre jogos, filmes, seriados e outras coisas geek.

Precisamos parabenizar a Insomniac pelo novo jogo do homem aranha

Precisamos parabenizar a Insomniac pelo novo jogo do homem aranha

Jogo do homem aranha para o Ps4, (Insomniac)

Como deve ser a vida de uma pessoa que escreve profissionalmente sobre jogos? Ter uma rotina de ter que jogar uma lista de lançamentos, talvez com um caderno do lado, a responsabilidade do trabalho interferindo com o lazer. E é claro, nem todo jogo é bom, mas se o trabalho exige que o sujeito jogue e depois ainda tenha que escrever sobre o jogo, bem, ele está sendo pago para isso. 

Por isso não consigo deixar de pensar em como que esse jogo do Homem aranha, lançado pela Insomniac para o Ps4, deve ter sido uma lufada de ar fresco para esses jornalistas dos games, permitindo que até o mais arrependido deles possa ter parado para pensar “é por isso que escolhi essa carreira”. 

Sou suspeito, muito suspeito para falar sobre esse jogo pois o Homem aranha já foi disparado o meu herói favorito, e ainda hoje disputa esse posto, mas pelo visto todas as notas positivas que o jogo vem recebendo me fazem crer que não estou sozinho em considerar esse jogo extremamente divertido, uma ótima adaptação do amigo da vizinhança para os consoles. Um bom jogo pode se equilibrar ao pecar em alguns aspectos, um ótimo jogo pode pecar em um ou outro, mas um ótimo jogo espetacular precisa acima de tudo se sustentar em um ponto: a jogabilidade precisa ser divertida.

Um jogo com gráficos incríveis, com um mundo aberto imersivo, vivo e de tirar o fôlego, uma ótima história bem construída com personagens cativantes, trilha sonora viciante, e programação impecável é sem sombra de dúvidas um AAA da indústria, mas conseguir que o jogador passe a maior parte do nosso tempo indo de um lugar para outro e lutando contra centenas de inimigos sem sentir tédio é realmente onde existe aquele brilho que nos faz amar os games. E o homem aranha entrega isso muito bem conseguindo o feito de tornar esse deslocamento divertido, o que é muito raro mesmo entre os jogos do herói, e principalmente com um combate e sistema de stealth que certamente se inspiraram no do Batman Arkham city, mas perfeitamente adaptadas e eu diria até que melhoradas no sentido de te permitir sentir-se como o aracnídeo. E é aí que o jogo brilha, porque a combinação de todas as suas qualidades com essa jogabilidade sólida permite verdadeiramente uma imersão de altíssimo nível que te permite encarnar um super herói que se caracteriza pela sua agilidade, então sobram recursos para enfrentar de maneiras bem diferentes aquela mesma gangue de inimigos gerados aleatoriamente no mapa, e isso te induz a querer saber mais sobre o jogo, a jogar ele melhor. 

Talvez o único pesar que esses jornalistas de games tenham ao encarar o Homem aranha do Ps4 é saber que uma hora eles terão que passar para outro jogo, porque realmente, a vontade que dá é a de continuar jogando, e jogando, e jogando…

 


Leave a Reply

Your email address will not be published.